Nota Sobre a Incompletude

“Sim, seria dado um grande passo se estivéssemos inteiramente conscientes da incompletude e impermanência intrínsecas do ego e seus desejos, de sua total incapacidade de tornar-se lugar de felicidade permanente.”

Shit happens, stuff happens, it happens, c’est la vie, así es la vida. Todas essas frases, mesmo que não reparemos quando usamos,  servem para o mesmo propósito: realizar que a vida é cheia de imperfeições. Mas o que são mesmo as imperfeições se não, talvez, representações de nossos desejos ainda não realizados.

Se existe um destino comum para todos os seres humanos este deve ser a incompletude essencial. Não é triste pensar que talvez nunca sejamos completos? Nós seguimos em nossa existência acumulando desejos que não se realizam, expectativas não satisfeitas, aspirações difíceis de serem alcançadas e no geral : frustrações. E no final dessa jornada o que nós somos? Somos consistentes com o que nós realmente gostaríamos de ser? Somos independentes no sentido que realmente descobrimos nossas identidades? Somos completos, isto é, realizamos todos os nossos anseios até o ponto de não ter mais nenhum?

Procure respostas para isso tudo dentro de você, e quando encontrar,  vão existir várias outras perguntas a serem respondidas. E uma das mais consideráveis é :

Só a felicidade basta?

Fica uma nota para se pensar, nesse dia que têm uma semântica extraplanar na vida das pessoas. Um agradecimento ao nada e um pedido de desculpas a mim mesmo por não estar fazendo o que deveria estar fazendo.

Anúncios
Nota | Publicado em por | Marcado com , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Comentários sobre a personalidade introverdida

Recortes e relações sobre a personalidade introverdida.

Recortes e relações sobre a personalidade introverdida.

Continuar lendo

Publicado em Psicologia, Vida | Marcado com , , , , , | 2 Comentários

Aprendendo A Conhecer Sua Consciência

Guia para meditação

Todos nós caminhamos pela vida como um pacote constituído de corpo e mente. Enquanto todos nós estamos conscientes, o nível das nossas funções da consciência(que são subjetivas) variam de pessoa para pessoa. A realidade é imensamente complexada com sistemas solares, galáxias, luas e sóis, mas também com reações químicas, partículas, bactérias e ecologia. A vida esta toda em torno de nós, grandes e pequenos. Todos nós somos uma criação e nós estamos de alguma forma vivos em uma galáxia que é aparentemente sem vida. Sua consciência é um dom, ou um pouco de sorte como você pode achar. Consciência é sua capacidade de vigília para participar na vastidão da vida em vez de apenas ficar operando internamente, dentro de sua própria mente.

-Mikey O’Connell Continuar lendo

Publicado em Filosofia | Marcado com , , , , , , | 4 Comentários

O Outro Lado Do Sono Polifásico

Sleeping Virtue

Sabe, eu costumava gostar de dormir. Mas com o passar do tempo eu fui precisando cada vez de mais tempo livre: a vida curta, cada vez mais projetos na minha vida e ainda tinha minhas atividades padrões que eu não largo por nada (e sempre vão crescendo além do esperado). Então, cada vez dormindo menos e sofrendo para aguentar o ritmo, relying totalmente em café, no fim das minhas pesquisas descobri uma coisa mágica chamada ‘Sono Polifásico‘ , uma treta que faria eu aumentar o meu tempo acordado ao mesmo tempo que me desse um aumento no meu foco, estamina, criatividade e energia. Toda teoria do Sono Polifásico pode ser facilmente encontrada pela internet, e uma base interessante também no meu post anterior.

Continuar lendo

Publicado em Vida | Marcado com , , , , , , , , , | 3 Comentários

Sono polifásico

A grande quantidade de pessoas pensa que só existe uma maneira de dormir: Durma de noite por 6-8 horas, acorde de manhã, fique acordado por 16-18 horas e então repita. A realidade, é que isso se chama ciclo monofásico de sono, que é apenas 1 dos 5 principais ciclos que veem sido usados com sucesso ao longo da história. Os outro 4 ciclos são considerados ciclos polifásicos de sono em virtude dos múltiplos cochilos exigidos por esses em um dia. Mas como isso é possível? Isso é saudável ? Bem, a parte mais importante de cada ciclo é o estágio 4 , chamado REM (Rapid Eye Movement) (Movimento Rápido dos Olhos), o qual mostrou prover os benefícios do dormir para o cérebro acima de todos os outros estágios do sono. Quando mudar para um ciclo polifásico, a ausência de sono engana o corpo entrar no REM imediatamente ao invés de 45 a 75 minutos que é o padrão de quando estamos em um ciclo monofásico. Desta forma, você ainda recebe os benefícios de 8 horas de sono sem gastar todo o tempo que isso te faz levar para o REM, resultando num ciclo de sono mais eficiente. Seguem os ciclos polifásicos: Continuar lendo

Publicado em Vida | Marcado com , , , , , , , | 1 Comentário

Pensamento em paradoxos.

Eu tinha , digo, ainda tenho uma definição característica de gênio (de genialidade) muito própria; um gênio é  apaixonado, profundo, intenso e as vezes furiosamente dominador. Mas há algum tempo eu li em algum lugar que uma das marcas de um gênio é ser capaz de segurar opostos juntos, e claro, transcendê-los. Isso ficou comigo e com o tempo eu tentei entender o sentido disso, afinal, como muitas coisas, em primeira instância me pareceu um conceito muito confuso. Com o tempo esse conceito começou a fazer muito sentido para mim, seja graças a meu amadurecimento intelectual ou quaisquer outras coisas aleatórias que eu faço da minha vida, hoje eu não sei como eu viveria sem esse conceito estando inerte em mim. Continuar lendo

Publicado em Filosofia | Marcado com , , , , , , , , , , | 3 Comentários

“Open up your senses.”

Ao longo de nossas vidas, temos períodos em que não sabemos para onde estamos indo com nossas vidas ou o que deveríamos estar fazendo. Uma ruptura ruim, perda de emprego ou de um ente querido e um amor perdido pode fazer metas que uma vez imutáveis pareçam menos relevantes.

Tornamo-nos um pouco perdido, mas aquele sentimento perdido parece estranhamente certo para o momento. Estamos em tempo de inatividade. Inatividade é um período onde reagrupamos, conservarmos energia e se pomos a entender as figurações e representações que várias coisas tem em relação a nós. Se o tempo de inatividade se estende por muito tempo ficamos impacientes e acham que devemos estar fazendo algo mais.

No entanto, após estar sem direção por tanto tempo, é difícil descobrir o que deveríamos estar nos movendo em direção para. Quanto mais nós tentamos fazer-nos mover, menos atraente nossas escolhas parecem. Nada do que fazemos parece síncrono com nós mesmos.

Para quem me conhece mais afundo, sabe que eu culpo quase todos os problemas pessoais de um ser pelo seu foco. “Foco é tudo” , como diz eu para alguns de meus amigos. E esse texto é totalmente sobre a minha relação com esse conceito de foco,  não sobre o foco certo no lugar certo, mas sim sobre o foco na essência.

Seja a pessoa certa.

Existe um coisa mágica sobre essa ‘expressão’ , x certa. Não sei de onde vem, nem como é que ela surgiu, mas é mágico. O mágico é que, quando um objeto do tipo pessoa está sobre um atributo do tipo certo (pessoa certa) ele ganha o poder de fazer as coisas certas, mesmo sem ter nenhuma direção apontada , mentalizada ou pensada.

Integrando mais isso a um individuo. Achar a essência da pessoa certa em si mesmo é não precisar ser gerenciado. Nem se auto gerenciar , nem ter que acreditar em algo maior ou coisas do tipos. É você poder focar no seu alvo sem criar relações de dependência com coisas arbitrarias.

Por exemplo, se você se vê como um artista ou um escritor e quer ganhar a vida em seu ofício, ser a pessoa certa significa ser alguém que pratica seu ofício todos os dias.Escritores que vivem na escrita aprendem a superar a procrastinação. Eles escrevem um certo número de palavras por dia, mesmo quando eles não são inspirados. Eles sabem como compor alguns padrões de texto e atraem editores. Se você quer trabalhar como escritor, você precisa ter hábitos e conhecimentos em primeiro lugar. Continuar lendo

Publicado em Vida | Marcado com , , , , , , | 1 Comentário