Como plantar uma ideia na mente de alguém.

 

Extraido do [lifehacker.com]

Se você já foi convencido por um vendedor que você realmente queria um produto,ou a fazer algo aparentemente instintivo , ou fez escolhas que parecia totalmente fora do seu caráter, então você teve uma idéia plantada em sua mente. Veja como isto é feito.

Se você já viu o filme Inception, você poderia pensar que plantar uma idéia na mente de alguém é uma coisa difícil de fazer. Não é. É ridiculamente fácil e é difícil de evitar. Nós vamos dar uma olhada em algumas das maneiras que ela possa funcionar.

1 – Psicologia reversa funciona mesmo

https://i2.wp.com/cache.gawkerassets.com/assets/images/17/2011/01/500x_1200-reverse-psychology.jpg

 

Psicologia reversa se tornou um clichê enorme. Eu acho que o ápice foi em 1995 com o lançamento do filme Jumanji. (Se você já assitiu e lembra, você sabe do que estou falando.) O problema é que a maioria das pessoas olham para a psicologia reversa de uma maneira muito simples. Por exemplo, você diria “Eu não me importo se você quiser ir arriscar a vida pulando de um avião” para tentar convencer alguém a não ir pular de para-quedas. Isso não é psicologia reversa, é uma agressão passiva. Então, vamos deixar isso para trás tudo e começar do zero.

Se você vai usar a inversões lógicas a seu favor, você precisa ser sutil. Digamos que você quer que seu companheiro lave os pratos, porque é a vez dele. Há sempre essa abordagem:

-“Ei, você se importaria de lavar a louça? É a sua vez.”

Mas, neste exemplo, estamos supondo que seu companheiro de quarto é preguiçoso e a boa abordagem acima não vai fazer o trabalho. Então o que você faz? Algo parecido com isto:

-“Ei, eu decidi que eu não quero mais lavar a louça  e estou indo apartir de hoje a comprar somente coisas descartáveis. Esta bem pra você? Se você quiser me dar algum dinheiro, eu posso pegar extras para você, também. “

O que isso faz é apresentar as alternativas de baixa qualidade para não lavar a louça sem colocar a culpa do trabalho não feito no su amigo. Ao invés de estar preocupado com uma acusação, seu companheiro de quarto é deixado apenas para considerar a alternativa. Isto é como psicologia reversa pode ser eficaz.

 

2 – Nunca fale sobre a ideia, fale acerca dela.

Convençer alguém a querer fazer alguma coisa pode ser difícil se você sabe que este não vai querer fazê-lo, então você precisa fazê-los acreditar que era idéia deste. Esta é uma instrução comum, especialmente para vendedores, mas é muito mais fácil dizer do que fazer. Você tem que pensar para plantar idéias, da mesma forma que você pensa para resolver um mistério. Lentamente, mas certamente você oferecer ao alvo uma série de pistas, até a conclusão óbvia que é o que você quiser. A chave é ser paciente, porque se você se apressar através de seu jogo de “pistas” será óbvio. Se você for devagar, a idéia vai se formar naturalmente na mente do algo por si só.

Vamos dizer que você está tentando fazer o seu amigo a comer alimentos mais saudáveis. Este é um bom objetivo, mas você tem um inimigo feroz: eles estão viciados em comida gordurosa e precisam de um balde de frango frito, pelo menos uma vez por dia. Se você diretamente falar para eles comerem comida saudavel, ou eles comentam que é uma boa idéia e nunca faram nada ou apenas vão lhe falar para parar de chatear-los. Para eles, perceberem o que eles estão fazendo com seu organismo, eles precisam ter uma epifania e você pode fazer isso acontecer, conversando em torno da questão.

Para fazer isso você precisa ser muito inteligente e muito sutil, caso contrário, será óbvio o seu objetivo. Você não pode simplesmente dizer “ah, eu li hoje que o frango frito mata 10 milhões de crianças todos os anos no Arkansas” porque é um monte de porcaria e vem com uma motivação incrívelmente óbvia ao dizê-lo. Se o frango é o alvo, você precisa fazer o frango parecer realmente desagradável. Da próxima vez que você espirrar, faça uma piada sobre a vinda da gripe aviária. Quando você está fazendo pedidos em um restaurante juntos, verbalmente transmita a sua decisão de ordenar a algo diferente de frango, porque você só aprendeu o quanto frango é contaminado em restaurantes. Quando você tiver feito o suficiente destas coisas e, novamente, com bastante espaço entre elas para que este comportamento não pareca estranho, você pode começar a ser um pouco mais agressivo e parar de ir com seu amigo para comprar frango frito. Você também pode tomar medidas proativas para melhorar sua própria saúde e informar o seu amigo 1) o que você está fazendo, e 2) o quão bem ele está funcionando para você. Depois de algumas semanas, se o seu amigo não decidiu reconsiderar sua carga em frango frito, você pode casualmente mencionar isso e eles devem estar muito mais abertos a ter um verdadeiro debate.

 

3 – “Sobre Venda”

“Subcotação” é provavelmente uma das maneiras mais fáceis e eficazes para plantar uma idéia na cabeça de alguém. Esta é uma outra versão da psicologia reversa, mas em um nível menos agressivo. Vamos dizer que você está tentando vender a alguém um disco rígido. Eles poderiam comprar um de 250GB, 500GB ou 1TB de disco rígido. Você quer vender a maior unidade de disco rígido possível porque estes custam mais e quer dizer mais dinheiro pra você. Seu comprador está chegando com a idéia de que eles querem gastar o mínimo dinheiro possível. Você não vai chegar muito longe, dizendo que eles deveriam gastar mais dinheiro quando você sabe que eles não querem. Em vez disso, você precisa atender ao que eles querem: a opção barata. Aqui está um exemplo de diálogo:

“Comprador: Você pode me dizer sobre este disco rígido de 250GB? Eu quero ter certeza de que vai servir para mim.

Você: Que tipo de computador você tem e no que você quer usá-lo?

Comprador: Eu tenho um de laptop Windows de 2 anos de idade e eu preciso dele para guardar minhas fotos. Tenho cerca de 30GB de fotos.

Você: 250GB é definitivamente mais do que suficiente para apenas armazenar suas fotos, e enquanto você não tem muitos arquivos você pode deixa-lo parado enquanto ele atende bem às suas necessidades.”

Esta última frase infunde dúvida no comprador. Você poderia até mesmo acrescentar “você só precisa de uma unidade maior se você quiser ter certeza absoluta de que você tem espaço suficiente no futuro”, mas que pode ser um pouco agressivo. O ponto é, se você parece ter os melhores interesses deles no coração, pode ser fácil fazê-los pensar que eles querem comprar mais de você.

————————————————————————————————

E bem, o lifehacker.com diz que essas informações são só para serem usadas de formas defensivas. Eu digo para vocês abusarem.

Bye!


 

Sobre AA

"Não sou tão careta quanto pareço. Nem tão culto. Não acredite em nada do que eu escrever. Acredite em você mesmo e no seu coração."
Esse post foi publicado em Psicologia e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Como plantar uma ideia na mente de alguém.

  1. Letícia disse:

    Sensacional meu anjo! ADOOORO

  2. Jocemir disse:

    Acho que isso ajuda a tirar a essencia e a originalidade das pessoas e as corrompe!

  3. F disse:

    Jocemir, por que você acha isso? Corromper as pessoas em que sentido?

    Abraços!

  4. Izau Silva disse:

    Persuadir alguém é um ato bem interessante, porém deve ser feito com cuidado. Esse método pode se visto de modo agressivo e antiético por outras pessoas. Psicologia Reversa é isso: Fazer com que alguém faça algo, de modo contrário. Ou seja; induzir, levar a crer ou a acreditar, decidir (a fazer algo); convencer.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s