Lost in Time.

 

Todos as manhãs, as ruas estão lotadas de pessoas.
Todas as noites, estão infestadas com esses barulhos. 
As coisas são tão estranhas, são elas reais ou um sonho?
Onde estou agora? Preso na cidade da ilusão.
Sinta as pessoas, escute as vozes.
Elas estão chegando pra pegar você.
Sinta os ritmos, escute o barulho.
Você deve estar acabando com todas as visões.
São anjos, são demonios, sussurando em meus ouvidos.
São emoções, são projeções?
Eu preciso…

Cada dia os ruídos estão matando essas pessoas
Todos os sons da noite estão esperando por mim [mas]
Não fuja, nós não temos tempo para ter medo
Onde está você agora? Ainda me mostrando ilusões.

Sinta o ritmo, ouça aos sons
Você está diferente. Quando foi a ultima vez que te vi?
Nesse sonho longo, você pode me encontrar?
Me chame, Me chame.
Sobreviva as projeções e me chame.

É sempre meio sem esperança
O vazio me engole
Tome-o para ti se quiser, mais me deixe sozinho

É sempre como o vento.
Se mantenha fora da minha mente
Onde o vazio deve finalmente ter seu…
Descanso imortal
Como um forte adeus.

Não é sobre os mortos, anjos ou demonios.
É sobre você, que na sobrevida
Invadiu a minha mente.
E meu vazio pertubou
E agorá vá embora.
O tempo não permite te ver mais.

Sobre AA

"Não sou tão careta quanto pareço. Nem tão culto. Não acredite em nada do que eu escrever. Acredite em você mesmo e no seu coração."
Esse post foi publicado em (in)utilidades, Vida e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s