Teoria Do Destino – Parte 2

Bem, continuando o post anterior sobre a Teoria do Destino =p.

Tal como dito no outro post, pra cada ação é criado um novo plano, onde as outras possibilidades de ação são realizadas…

Aproveitando o comentario do Igor no outro post, vou começar a terminar de explicar essa bagunça do destino aqui:

“O que eu me pergunto nessa bagunça filosófica toda é: se existe isso que a gente chama de universos paralelos e a gente passa de um pro outro a cada escolha, como podemos saber quem somos no meio disso tudo. Quero dizer, se eu opto por voltar da ilha de 326 e não de M93, como faço pra saber quem eu sou de verdade: o Igor que volta de 326 ou o Igor que volta de M93?!?!
E mais que isso, se eu supor que nesse plano atual eu voltei de M93, quem é aquele Igor que está simultaneamente no 326?”

De acordo com a teoria, os universos ditos paralelos,  não seriam paralelos, pois em algum momento eles iriam se tocar e aconteceria os ditos Dejavus…

Bem, tecnicamente, você não muda de planos,  mas são criados outros planos, e cada plano representa uma possibilidade, ou seja, você não muda de planos, é como se a realidade se multiplicasse*, só que uma copia para cada possibilidade… assim, ocorreria uma perda de identidade, mas não ocorre… pq você esta fazendo seu destino.

Você, é você, no plano que você está, oq acontece, é que os planos se “cruzam” e ocorre o DejaVu, que seria nada mais nada menos que uma perda de identidade entre os planos…

Podemos interpretar o DejaVu, como uma perda de identidade entre os planos, pois é a unica ponte entre um plano e outro.

Ou seja Igor, se você volta todo dia de 326, automaticamente, existirá uma realidade que você estara indo de M93, e nas duas você é real, o que pode acontecer,  é que ocorra um Dejavu, e ocorrera uma troca de informacoes entre os planos, e assim, algo que estiver acontecendo no  plano do M93 irá ocorrer de forma semelhante no plano que voce esta no 326.

Resumindo, você existe de verdade, em varias realidades, porém suas mentes, não estão conectadas de forma alguma.

Embreve irei postar mais, estou preparando um material pra exemplificar melhor, a questao do cruzamento dos universos ditos paralelos!

Espero que gostem!

De Souza!

Sobre AA

"Não sou tão careta quanto pareço. Nem tão culto. Não acredite em nada do que eu escrever. Acredite em você mesmo e no seu coração."
Esse post foi publicado em Filosofia, Teoria do destino e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Teoria Do Destino – Parte 2

  1. Porf. Igor disse:

    Muito bacana Felipe! Entendi melhor agora. Os universos não existem paralelamente, são realidades possíveis. A única que de fato ocorre é a que estamos aqui e agora. Graças à Deus (ou às Ciências q à FIlosofia), ainda temos controle do nosso destino! ufa!
    Esse é um assunto realmente muito complicado, quero saber tudo o que você descobrir ‘catando’ por aí, blz?
    Espero seu novo post
    Abraço!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s