As melhores músicas com mais de 10 minutos

Sim, se você não está acostumado ou se espantou com a duração de tais músicas, saiba que não são tão raras assim e nem “enjoativas”, muito pelo contrário, as vezes são tão envolventes que passam mais rápido do que você esperava. Sem mais blá blá bla, vamos as músicas!

1- Bathory – The Messenger (10:01):

Bathory, banda de um homem só. Thomas “Quorthon” nasceu na suécia e era o multi-instrumentista e vocalista da banda que foi formada em 83. A Banda passeou entre vários estilos musicais com o passar dos anos e dos albuns, começando pelo black metal, passando pelo death metal, thrash metal e viking/folk metal. A banda acaba no começo dos anos 00 com a morte de Quorton. Aí ficamos com uma belíssima música da fase Viking Metal.

2 – Blood Tsunami – God Beater (10:02):

O Blood Tsunami é uma banda de Thrash Metal formada por ex-integrantes de bandas da cena Black Metal Norueguesa. Toca um tipo forte, dissonante e rápido de thrash que não inclui os aromatizantes com o quais as bandas americanas de hardcore e punk colorem suas composições. Nesta faixa, uma faixa instrumetal e refinada.

3 – Type O Negative – Haunted (10:07):

O Type O Negative foi uma banda de Doom/Gothic Metal formada nos EUA e que tinham caracteristícas bem peculiares, o tipo da banda que você sabe que é ela mesmo sendo a primeira vez ouvindo determinada música. Esta faixa nos leva a um estado de mente bem relaxante, música calma sem ser tipicamente chata.

4 – Savatage – Morphine Child (10:13):
O Savatage foi uma banda Norte Americana de Heavy Metal formada em 81 pelos irmãos John e Criss Olivia. Continua em atividade, mesmo não mantendo a sua formação original. Esta faixa tem uma bela parte orquestrada, de forma não tradicional, fazendo nos lembrar de uma cena de filme ou teatro. Vale a pena conferir!

5 – Deep Purple – Child in Time (10:17):

Deep Purple. Formada em 68 na Inglaterra, uma das bandas que mais revolucionou a história do Rock, considerada por muitos a pioneira do Heavy Metal e do Hard Rock, juntamente com Black Sabbath e Led Zeppelin.

6 – Bathory – One Rode To Asa Bay (10:23):

Bathory, banda de um homem só. Thomas “Quorthon” nasceu na suécia e era o multi-instrumentista e vocalista da banda que foi formada em 83. A Banda passeou entre vários estilos musicais com o passar dos anos e dos albuns, começando pelo black metal, passando pelo death metal, thrash metal e viking/folk metal. A banda acaba no começo dos anos 00 com a morte de Quorton. Esta faixa é, particularmente, uma de minhas preferidas. Obs: A versão do vídeo possui menos de 10 minutos por ser o clipe da música, porém a versão do disco conta com uma introdução que não está no vídeo.

7 – Type O Negative – The Profit of Doom

O Type O Negative foi uma banda de Doom/Gothic Metal formada nos EUA e que tinham caracteristícas bem peculiares, o tipo da banda que você sabe que é ela mesmo sendo a primeira vez ouvindo determinada música. Esta faixa conta com todo peso do Doom, e uma mudança aos 3:15, que como caracteristica da banda, alterna por vários ambientes em sua música.

8 – Jane’s Addiction – Three Days (10:49):

O Jane’s Addiction foi uma banda de Funk Metal com diversas influencias alternativas formada em 85. Seu frontman Perry Farrell também é o idealizador do festival Lollapalooza. A banda retornou recentemente as atividades com a formação original, exeto pelo baixista, agora posto de Duff McKagan (Ex-Guns ‘n Roses, Ex-Velvet Revolver)

9 – Iron Maiden – Sign of the Cross (10:49):

O Iron Maiden é uma banda de Heavy Metal, formada na Inglaterra no começo dos anos 80. Considerada por muitos revolucionária (inclusive por mim hehe) a banda continua ativa. Uma curiosidade: Ela foi lançada em um álbum na década de 90, porem o vídeo que aqui lhes apresento é do show do Rock in Rio.

10 – Supertramp – Fool’s Overture (10:58):

Banda britanica de rock progressivo dos anos 70, não muito popular porém exelente. “A banda inicialmente chamava-se Daddy, tendo o nome posteriormente alterado para Supertramp, que ao pé da letra quer dizer “super mendigo”, inspirado num livro de W.H. Davies, “The Autobiography of a Super-Tramp”.”

11 – The Doors – When The Music is Over (10:58):

The Doors foi uma magnífica banda de rock do fim dos anos 60 e começo dos anos 70. Teve seu fim alguns anos após a morte prematura de seu vocalista Jim Morrison. Tinham influencias de Blues, Jazz, Bossa Nova e revolucionaram o modo de ver o rock, com um toque de lisergicidade.

12 – Type o Negative – Black Nº1 (11:15):

O Type O Negative foi uma banda de Doom/Gothic Metal formada nos EUA e que tinham caracteristícas bem peculiares, o tipo da banda que você sabe que é ela mesmo sendo a primeira vez ouvindo determinada música.

13 – Renaissance – Ashes are Burning (11:21):

Renaissance foi uma banda de Rock Progressivo dos anos 70 formada no Reino Unido por ex membros do Yardbirds, dedicada a mistura entre música erudita, música folclórica e rock.

14 – The Doors – The End (11:50):

The Doors foi uma magnífica banda de rock do fim dos anos 60 e começo dos anos 70. Teve seu fim alguns anos após a morte prematura de seu vocalista Jim Morrison. Tinham influencias de Blues, Jazz, Bossa Nova e revolucionaram o modo de ver o rock, com um toque de lisergicidade.

15 – Pink Floyd – A Salserful of Secrets (12:00):

Pink Floyd foi uma das bandas que mais influenciaram as bandas de rock. Formada em 64 no Reino Unido, famosa pelas suas composições de rock clássico harmónico, pelo seu estilo progressivo e pelos espectáculos ao vivo extremamente elaborados. Fez alguns discos mais vendidos e comentados da história do Rock. Essa música, provavelmente, algumas pessoas acharam um tanto quanto “louca”. Porém, assistindo até o final é possivel entender a progressão da música e ver que ela cresce de forma espantosa e surepeendente. Obs: Versão do vídeo menor de 10 minutos por ser versão ao vivo, o que, além de dar um brilho totalmente especial à musica, facilita sua compreensão.

16 – Rush – The Necromancer (12:29):

Rush é um trio formado no Canadá nos anos 70, com grande influencia no rock progressivo. Desde o lançamento do álbum de estreia em março de 1974, Rush tornou-se conhecido pelas halilidades instrumentais de seus membros, composições complexas, e letras elétricos que abordam pasadamente a ficção-científica, fantasia, e libertarianismo, dirigindo-se assuntos humanitários, sociais, emocionais, e ambientais. Progressividade evidenciada nesta música.

17 – Iron Maiden – Rime of the Ancient Mariner (13:39):

O Iron Maiden é uma banda de Heavy Metal, formada na Inglaterra no começo dos anos 80. Considerada por muitos revolucionária (inclusive por mim hehe) a banda continua ativa.

18 – Peter Frampton – Do You Feel Like I Do (13:48):

Peter Frampton é um músico britânico mais conhecido por seu trabalho solo nos anos 70. Frampton ficou famoso por ser o primeiro guitarrista a utilizar do recurso da¨guitarra falada¨. A versão que me refiro é do “Frampton Comes Alive!”, um disco ao vivo de 1975.

19 – Sugarhill Gang – Rapper’s Delight (14:36):

O Sugarhill Gang foi um trio de negros norte-americanos que praticamente implantou o estilo rap (Sim, rap!) na transição da década de 1970 para a de 80 com o sucesso estrondoso Rapper’s Delight, muito conhecida no Brasil como Melô do Tagarela. A música fala do egocentrismo de cada integrante do grupo. Aborda o luxo, o poder financeiro, sexo entre outras coisas mais.

20 – BÔNUS!

Ok, eu sei que não tem mais que 10 minutos, porém a 20 música vai para um blues, originalmente composto por Robert Johnson com um pouco menos de 3 minutos. Porém, regravada diversas vezes e com diversos arranjos, é uma belíssima música e não podia ficar de fora! Na versão de vários mestres do Blues.

E é isso! Note que algumas versões o tempo é diferente, por isso coloquei o tempo da versão de estúdio! Um abraço a todos!

About these ads

Sobre brunobass

Bruno. É, aquele cara que gosta mais de musica do que de tudo. Acho que isso resume bem o que eu sou, um cara que adora musica em seus mais variados estilos, instrumentos musicais, bandas, e todos esses congêneres (ah garoto, falei bonito! haha). 17 anos, morador do Rio, sou baixista tenho uma banda e alguns poucos sonhos pra se realizar ainda. Tirando a música, gosto também de jogos (mas não tanto como esses outros viciados aqui), suco de maracujá e dias nublados. Interresante, né?
Esse post foi publicado em Musica e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para As melhores músicas com mais de 10 minutos

  1. twig000 disse:

    MUITO BOM GAROTO!

  2. É isso aí garotão! Rock N’ Roll nessa porra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s